A PRÁTICA DA ACUPUNTURA

A PRÁTICA DA ACUPUNTURA
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Dentre os recursos da Acupuntura, a técnica do agulhamento é a mais conhecida em meio aos povos de todo o mundo, e é apenas uma das técnicas terapêuticas que compõem um conjunto de saberes e procedimentos culturalmente constituídos, e dos quais não pode ser dissociada.

Uma prática milenar que nasceu da interpretação dos fenômenos naturais e da própria natureza, que considera o homem como o principal participante do cosmo (JÚNIOR, MARTINS & AKERMAN, 2005). A Acupuntura é uma arte oriunda da tradição chinesa; se utiliza do agulhamento em pontos específicos que sealinham ao longo dos meridianos, dos quais trataremos mais adiante.

Dentre os recursos da Acupuntura, a técnica do agulhamento é a mais conhecida em meio aos povos de todo o mundo, e é apenas uma das técnicas terapêuticas que compõem um conjunto de saberes e procedimentos culturalmente constituídos, e dos quais não pode ser dissociada.

Isolada ou assomada a outras terapias alternativas, proporciona uma abordagem diferente da medicina ocidental, podendo ser adotada como recurso exclusivo ou complementar, e até facilitador da abordagem concomitante, sempre que a atenção esteja focada nos melhores resultados terapêuticos em favor do paciente.

Equilíbrio Yin e Yang

Somos como que uma grande bateria, onde, quase a totalidade das nossas funções decorrem da interação entre duas forças básicas, complementares e necessárias no equilíbrio da vida: energia Yin: negativa, fria, lunar, receptiva... e, energia Yang: positiva, quente, solar, atrativa... Da interação entre ambas se dá o equilíbrio e saúde ou o desequilíbrio e adoecimento.

Do desequilíbrio entre ambas, ou seja, o desequilíbrio energético é a causa principal dos transtornos que repercutem no físico, na psíque, no emocional, no espiritual. O Ser vivo entra num estado alterado em relação ao equilíbrio originalmente natural de sua unitotalidade múltipla.

Originalmente o Ser vivo, em especial, o Ser Humano é equilibrado, perfeito, saudável. É possível reaver o estado original do Ser Humano, a partir da utilização dos mecanismos de reequilíbrio, dispostos pela Natureza, na intimidade de nosso Ser, a partir de intervenções como a Acupuntura que age equilibrando as nossas energias.

Hábitos de Vida

Do nosso modo de viver se deriva toda uma dinâmica singular, particular e individual que reverbera na condução de nossas energias; estas seguem trajetos específicos ao longo de canais especializados de energia. Estes canais de energia não são verificáveis a partir de dispositivos físicos como os sentidos humanos ou aparelhos como o microscópio, uma vez que estes canais são constituidos de energia. Fazem parte da nossa ultra-anatomia, de nossa ultra-fisiologia.

Então, vejamos. A manipulação destes pontos, seja colocando calor, frio, fazendo sucção, massageando ou perfurando, produz mudanças especiais na funcionalidade de nossa unidade individual. Dos vegetais, dos elementos da natureza e dos alimentos se obtém tipos e subtipos de energias especiais para também se intervir nestes fundamentos energéticos do Ser. Estes, são recursos e métodos que formam o corpo dos princípios e de intervenção deixados pela tradição ancestral da Sabedoria Chinesa, conhecidos pelo nome de Acupuntura.

Metodologia

Os métodos disponíveis de diagnóstico e de tratamento utilizados pela acupuntura são os trazidos ao longo dos milênios. Foram desenvolvidos pela Sabedoria ancestral chinesa. Sua origem se perde na poeira dos milênios. Nada têm a ver com a medicina ocidental, nem com os preceitos ou com as funções privativas das ciências ocidentais. Não há medicamentos, fórmulas químicas, não msão necessários exames laboratoriais nem de imagem, nem tampouco intervenções cirúrgicas na prática tradicional da acupuntura.

Então, com Acupuntura não se trata doenças. Trata-se, como vimos, os transtornos energéticos de onde decorrem os transtornos. Não há doentes; há Seres que transitam num quadro de deficiência ou de excesso de energia, submetidos a transtornos do seu equilíbrio original. Por isso, é de imprescindível importancia atentarmos para o nosso modo de vida, nossos hábitos, nossa forma de pensar, de sentir, de agir e de reagir, nossa forma de falar, de andar... Começar nosso processo de cura, a partir da disposição pessoal em mudar-se, a si mesmo.

QUAIS OS MECANISMOS DE AÇÃO DA ACUPUNTURA?

O homem é um todo físico, corpo-mente-espírito, alimentado e movido por energias Yin e Yang, que o constituem, oriundas da energia cósmica e telúrica. Um leve desequilíbrio ocasiona alteração no equilíbrio dos elementos que o constituem, e vice-versa. O desequilíbrio pode se caracterizar por excesso, por deficiência ou por estase de energia ao longo de canais por onde fluem tipos e subtipos de energia essencial à vida.
Esses canais são os meridianos.

A concepção tradicional chinesa leva à abordagem terapêutica eficiente, orienta a correção destes desequilíbrios, propiciando a retomada do estado normal de saúde. Entretanto, a acupuntura não se restringe em somente fazer frente aos fatores perversos, nem aos agentes agressores externos, causadores de acometimentos físicos, psíquicos, emocionais. Não visa apenas tratar o local comprometido do corpo. A visão não é departamentalizada, mas, abrangente, holística, global e uni total, visando sanar os transtornos imediatos e mediatos, locais e sistêmicos.

Texto escrito por Robson Barbosa Lopes

 

Veja também em nosso site:

1) Acupuntura está indicada para tratar que casos?  

2) Tabagismo! Vamos dar um ponto final nisso

 

3) Vídeo: Tratamento com Acupuntura 

4) Estudo de Caso - DEFICIÊNCIA DO CORAÇÃO   

5) AVISO IMPORTANTE 

6) PARA EVITAR ENFERMIDADES

7) Exercícios Respiratórios e seus muitos Benefícios - AULA

8) Quibe vegetariano de forno - Receita

9) ALIMENTOTERAPIA . Como a Medicina Tradicional Chinesa compreende os alimentos e suas funções. Como auxilia no tratamento de doenças?

10) VEGETARIANISMO E VEGANISMO – fundamentos e história. Avaliando alimentação e suas interfaces: da religião, da razão, da ética, da lei, dos costumes humanos.               

11) O ALHO E A CEBOLA NA ALIMENTAÇÃO. São sempre benéficos? Revendo nossos temperos.

12) CROSTINI DE AVOCADO* E COGUMELOS - Receita               

13) 5 MOTIVOS PARA CONSUMIR O ÓLEO DE COCO

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Veja Também:

Artigos Relacionados


Olá, deixe seu comentário para A PRÁTICA DA ACUPUNTURA

Enviando Comentário Fechar :/