O Outono pela Medicina Tradicional Chinesa

O Outono pela Medicina Tradicional Chinesa
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

As relações energéticas do Outono e suas consequências na saúde dos seres vivos, as repercussões psicoemocionais, físicas e energéticas.

OUTONO

 

O Outono é uma estação de transição entre o calor e a umidade do verão,  para um período mais seco e um pouco frio. Energeticamente é a estação do Elemento Metal e seus órgãos correspondentes são o Pulmão e o Intestino Grosso.

Quando o Verão passa para Outono, a energia da Terra transforma-se em Metal. Neste período a energia vital é descendente, pesada. É o momento do crepúsculo, quando o sol se põe e a vida diurna se recolhem. Durante esse período, a energia recomeça a condensar-se e contrair-se, voltando-se para dentro para se acumular e armazenar. É o momento de libertarmos tudo o que está gasto (como as folhas das árvores) que caem para poupar a essência. Se nesta fase a energia for baixa não sendo o suficiente para ser armazenada, não haverá força suficiente para passar o Inverno e o próximo ciclo Primavera/Madeira será fraco.

Os seres humanos são considerados microcosmos inseridos no macrocosmo (Criação). A relação entre o macro e o micro faz com que estejamos sujeitos aos mesmos ciclos da natureza: tudo o que ocorre no Universo, no planeta e ao nosso redor interage com todas as partes de nós mesmos; tudo o que pensamos, sentimos e como agimos interfere mo íntimo de cada átomo que nos compóe e reverbera no macro. Assim está assentada a interface Céu-Homem-Terra. Isto é, o que acontece no meio externo, também acontece no mais íntimo do nosso interior, em nosso corpo, mente e emoções. É muito construtivo buscar entender as estações para se permitir fluir conforme o ciclo natural das coisas. Podemos estar em consonancia com o macro: harmonia, saúde, equilíbrio; ou em desacordo, em desarmonia, doentes, desequilibrados.

O Elemento Metal controla o Pulmão, que extrai a energia essencial e expele as toxinas do sangue. É o responsável pela captação da parte yang da energia vital que chega através da respiração e para a Medicina Tradicional Chinesa os distúrbios dessa função vão repercurtir no pulmão e nos rins. Também está ligado a nossa área sensitiva, a tristeza máxima sente-se no  pulmão. Quando uma pessoa asmática entra em crise é porque tem muitos conflitos. Já o Intestino Grosso elimina a "sujeira", enquanto retém e recicla a água do organismo. 


O Outono é a estação da Introspecção e da Meditação, de reciclar sentimentos e pensamentos antigos, apegos (relacionados ao intestino preso) e o excesso de emoções adquiridas durante o Verão.

Se resistirmos a esta energia e ficarmos aprisionados no passado podemos criar estados de melancolia, tristeza e depressão que se manifestam com dores nas costas, dificuldades respiratórias, problemas de pele e diminuição da resistência física.

A cor da fase Metal é o Branco - cor da pureza e da essência. Podemos identificar uma pessoa com desequilíbrio de pulmão através da cor extremamente branca do rosto.

Sendo assim, fiquem atentos à essas informações:

 

O Pulmão responde pelo(a):

- entusiasmo;

- alegria de viver;

- otimismo;

- defesa e proteção;

- sentido de amparo e aprovação,

- purificação.

O Outono pela Medicina Tradicional Chinesa
 

Se você sente que alguma dessas condições não está bem em você...é hora de parar e fazer uma avaliação de sua vida até esse momento.

 

Emoções ligadas ao pulmão em desequilíbrio:

- tristeza (podendo levar a uma depressão);

- melancolia;

- angústia,

- tensões muito prolongadas.

Diarréia (perda dos recursos) e prisão de ventre (retenção dos excessos) refletem desequilíbrio em Metal, assim como falta de vitalidade, indisposição generalizada, problemas de garganta e de estômago, certos tipos de paralisia, doenças debilitantes, fragilidade emocional, raiva, nostalgia, discurso incoerente, eczema, asma, bronquite, gripe, coriza, nariz entupido, choro freqüente, membros ou costas doloridos, tremores. Dormir só de bruços revela intestinos sempre sobrecarregados

De uma forma geral, podemos dizer que o pulmão é afetado pelas perdas afetivas, como relacionamentos terminados ou perdas de entes queridos.

 

Algumas dicas de como cuidar bem do seu pulmão durante o período de energia do Elemento Metal:

 

- Alimentação -  O conceito geral é que devemos eliminar o excesso de umidade que sobrou do verão e fortalecer a nossa energia de defesa (Wei Qi), que depende da energia do pulmão mais forte.

O sabor ácido tonifica a energia dos pulmões e o sabor amargo harmoniza a energia dos pulmões. O pouco picante tonifica a forma dos pulmões, o muito picante dispersa.

As saladas frias, cruas e refrescantes não são recomendadas durante o Outono. Da mesma forma que necessitamos manter os nossos corpos quentes por fora, precisamos de mantê-los aquecidos internamente.

Alguns alimentos que drenam a umidade (líquidos) são: abobrinha,  rabanete,  cevada, feijão azuki, feijão preto,  nabo, pimentão, etc.

Metal precisa de raízes como cenoura, nabo comprido, bardana, lótus, batata-baroa (também chamada de batata-salsa ou mandioquinha); dos sabores pungentes e picantes dos temperos e do  do aipo (salsão); caldos temperados com missô; chá verde, chá de lótus, banchá, o arroz integral.

Também devemos consumir alimentos que aqueçam o organismo e fortaleçam a nossa resistência: canela, batata, salsa, cominho, coentro, cará, inhame, folha de mostarda, pimentas em geral, pimentão, rabanete, rúcula, gengibre.

 

- Exercícios respiratórios - A respiração é que dá o ritmo dos batimentos cardíacos, sem uma adequada respiração a circulação do sangue também sofre; os intestinos tendem a funcionar menos; tudo em nós é prejudicado. O humano dos tempos atuais respiram de forma impulsiva, perdeu a capacidade de absorver conscientemente o melhor da energia vital do ar, dos alimentos e das demais fontes de energia (Qi ou ki). É urgente reaprender para manter a saúde e a longevidade.

 

- Faxine seus pensamentos, sentimentos e emoções - Faça uma auto-análise e desapegue-se de padrões emocionais que já não acrescentam mais nada em sua vida. Se perceber que isso é muito difícil de realizar sozinho(a), procure a ajuda de alguma terapia que tenha a ver com seu perfil.

 

- Atividade física - Excelente para saúde, não só durante esse período, e desde que seja praticada com regularidade.

 

Aproveite esse período para se conhecer melhor e mudar tudo o que tem que ser mudado em sua vida. Vá devagar e no seu tempo e logo perceberá do que você realmente é capaz.

Seus Pulmões agradecem!

 
 
 
 
O Outono pela Medicina Tradicional Chinesa
 
 

                   Veja também em nosso site:

1) Acupuntura está indicada para tratar que casos?  

2) A PRÁTICA DA ACUPUNTURA

3) ESTIMULAÇÃO DE TODAS AS FUNÇÕES DO CORPO UTILIZANDO OS MICROSSISTEMAS DO PESCOÇO, TÓRAX E ABDOME - Vídeo

4) Vídeo: Tratamento com Acupuntura 

5) Estudo de Caso - DEFICIÊNCIA DO CORAÇÃO   

6) AVISO IMPORTANTE 

7) PARA EVITAR ENFERMIDADES

8) ANSIEDADE, IRRITABILIDADE, NERVOSISMO, AGRESSIVIDADE, INSÔNIA, MEDO, SÍNDROME DO PÂNICO - Vídeo

9) Queijo, Requeijão, Leite e Manteiga veganos - Receitas

10) Alimentoterapia - Tratamentos pela alimentação

11) Exercícios Respiratórios e seus muitos Benefícios - AULA

12) DESCONTROLE EMOCIONAL. SOFRIMENTO INTERNO. CHORO EXCESSIVO OU RISO EXAGERADO/DESMOTIVADO  - Vídeo

13) Primavera: estudando sua influência sobre a saúde do homem

14) HELIOTERAPIA O SOL COMO REMÉDIO

15) NHOQUE DE BATATA DOCE E MOLHO DE TOMATE. Sobremesa: Pavê Prestígio Vegano. Sorvete vegano de manga e leite de coco

16) A PACIÊNCIA ESTÁ CURTA? INTOLERANTE? JÁ NÃO SE SUPORTA? QUERIA SUMIR? - Vídeo

17) PLANTAS ALIMENTÍCIAS NÃO CONVENCIONAIS (PANCS) e vídeo: Trilhas do Sabor - Matos Comestíveis. O que se pode consumir com segurança. Cuidados

18) SÍNDROME DO PÂNICO, SOB O OLHAR DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

19) BARULHO NO OUVIDO E NA CABEÇA. SURDEZ  - Vídeo

20) CINCO ELEMENTOS - AS BASES DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA 

 

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp

Veja Também:

Artigos Relacionados


Olá, deixe seu comentário para O Outono pela Medicina Tradicional Chinesa

Enviando Comentário Fechar :/