Conheça o Terapeuta e Acupunturista Robson Barbosa Lopes

Acupuntura é o nosso ofício, a nossa arte. Nosso lema é CUIDAR GLOBALMENTE DA SAÚDE INTEGRAL.

Acupuntura pode ser boa aliada no combate ao estresse! Melhoras costumam ser notadas a partir da quarta sessão.

Robson Barbosa Lopes

Uma autobiografia resumida.

Nasci em Lençóis Paulista; filho de pai militar e mãe tradicional do lar; um de sete irmãos. Morei também em Araraquara, São Paulo, Taquaritinga, Barra Bonita, Novo Horizonte (estado em São Paulo) e Londrina/PR. Por último, vim de Ourinhos/SP para Jundiaí/SP em 1977, onde segui trabalhando em Jundiaí e em São Paulo/SP, como profissional da área de saúde por mais de 30 anos.

Desde a infância me reconheço intensamente curioso e participativo. Após dois anos de estudo, em 1999 concluí meu Curso Livre de Qualificação Profissional para Acupuntura, Moxabustão e Ventosaterapia, pela EATA – Escola Brasileira de Acupuntura e de Terapias Alternativas, onde fui discípulo do professor Tadashi Hirata. Desde o ano de 2000, todos os dias eu tenho estudado com afinco as matérias relativas às terapêuticas oriundas da tradição oriental/acupuntura.

Desde então, tenho praticado tudo o quanto aprendi, sem perder uma oportunidade sequer, e não paro de me surpreender com os excelentes resultados que este conjunto de saberes é capaz de gerar em benefício da saúde e do bem estar humano. Se não fosse uma ciência eu poderia achar ser magia. Vivo encantado com o que faço. Me exonerei da Secretaria de Saúde do Município de Jundiaí, em 2010, para submeter meu pedido de aposentadoria ao INSS, a partir do que, intensifiquei a minha dedicação à Acupuntura, que passou a ter atenção exclusiva, oferecendo de bom grado a maior parte de minha aplicação, cuidados e esforços na busca da excelência.

Meus motivos de orgulho são muitos: a) meus filhos e netos; b) por eu ser portador da perfeita noção de que Deus é o fundamento básico da minha vida e de onde se deriva minha fé, minha dedicação ao bem, à vida e à felicidade de todos os seres; c) por eu ser vegetariano, ser naturalista, não usar álcool, tabaco ou outras drogas, graças a Deus; d) por eu ter dedicado a minha vida pela saúde dos meus semelhantes, sempre buscando praticar um modo de vida saudável e ético, pacífico e compassivo; e) por eu ter feito parte do Projeto Plant'Árvores; f) por eu me sentir incluso nos planos de Deus, não obstante meu estado humano, imperfeito, pouco virtuoso, cheio de falhas e de dúvidas que eu quero modificar radicalmente em minha natureza pessoal. Se eu fôr enumerar mesmo... nossa... .

Robson Barbosa
“Gratidão eterna a todos os nossos antecessores, mas, principalmente à bondade misericordiosa de Deus que me permitiu a posse desta arte de Servir.”
Robson Barbosa Lopes - Acupunturista

  • Trabalho Guarana Antartica
    02/09/2011 - Formação, Acupuntura Sitêmica
  • Trabalho Guarana Antartica
    02/09/2011 - Formação, Acupuntura Sitêmica
  • Trabalho Guarana Antartica
    02/09/2011 - Formação, Acupuntura Sitêmica
  • Trabalho Guarana Antartica
    02/09/2011 - Formação, Acupuntura Sitêmica
  • Trabalho Guarana Antartica
    02/09/2011 - Formação, Acupuntura Sitêmica
  • Trabalho Guarana Antartica
    02/09/2011 - Formação, Acupuntura Sitêmica
FU HSI

Na Mitologia chinesa, Fu Xi (Fuxi), Fushi, Fu Hsi (Fu-hsi) (chinês: 伏羲, pinyin: Fúxī, Wade-Giles: Fu2-hsi1), também conhecido como Fo Hi, Paoxi ou Pao-hsi (chinês tradicional: 庖犧, chinês simplificado: 庖牺, pinyin: Páoxī, Wade-Giles: Pao2-hsi1) Mixi (宓羲), ou Taihao (太昊-太皞) (o brilho supremo). É um personagem da mitologia chinesa e é tido como um imperador que reinou durante os meados do século 29 aC. Ele foi o primeiro dos Três Augustos (三皇 Sānhuáng). Na antiga China ele era considerado um herói mitológico da cultura, atribuindo-se-lhe a invenção da escrita (também atribuída a Cangjie), pescaria e caça. Ele é considerado o fundador na nação chinesa.

Resumo Histórico

Fu Xi nasceu no leito (curso) inferior central do rio Amarelo, em um lugar chamado Chengji, na província de Longxi ((agora Tianshui, na província de Gansu), mencionado posteriormente em crônicas dos Estados beligerantes. Segundo Baihu tongyi (白虎通义) de Ban Gu (班固, 32 - 92): “àquela época, os seres humanos viviam sem regras morais e não havia laços familiares. Vestiam-se com peles de animais, e viviam como animais, caçavam quando tinham fome, consumindo a pele e sangue de suas presas, ou abandonavam os restos que sobravam, já que não tinham como mantê-los. Por suas observações do céu e da terra, Fu Xi instituiu o casamento, identificou as mutações dos elementos e criou as leis em oito trigramas a fim de ganhar o domínio sobre o mundo. ”

De acordo com o Livro das Mutações (周易.系辭上傳第十), deduziu a santa imagem de Fleuve [jaune] e do Livro de Rio Lou (洛書). Este santo é geralmente identificado Fu Xi, mas às vezes, é também identificada como de Yu o Grande. Sobre as imagens e sobre o livro pouco se sabe. As lendas interpretam esta passagem, fazendo da água uma tortue ou um cavalo-dragão assinalado nos trigramas

Ele ensinou os homens os método de cozinhar, caçar, pescar, armas de metal, o primeiro sacrifício para o Céu. Ele rivaliza com Huangdi duas invenções: a cítara guqin (古琴) e o símbolo do dragão, composto de partes de animais (totens) das tribos derrotadas, pois de acordo com alguns textos, ele também era um imperador.
Huang Fumi (皇 甫謐) (215-282) de Jin afirma em sua História de Imperadores e Reis (帝王世紀, dìwángshìjì) que sua mãe era uma jovem do clã Huaxu (華胥) durante o reinado de Suiren (燧人). Um dia, ela viu uma pegada do Espirito do Trovão (雷澤), uma pegada gigante (Shen Lei), no caminho para a costa do lago Leytsze, ela decidiu medir o tamanho do pé. Então ela engravidou e assim ela concebeu Fu Xi que sucederia a Suiren.
Dizem que ele estabeleceu sua capital em Wanqiu (宛丘) em Henan, na localidade de Huaiyang (淮陽), onde está localizado o montículo onde foi ele [supostamente] enterrado. Há ainda hoje uma cerimônias no templo que são oferecidas a ele do segundo dia do segundo mês ao terceiro dia do terceiro mês.
De acordo com a genealogia tradicional chinesa, é o ancestral do clã Feng (風), Ren (任), Su (宿), Xuju (須句), Zhuanyu (顓臾). Taihao, seu nome é, de acordo com algumas fontes o nome de um líder de Dongyi (東夷; literalmente: bárbaros do Leste).

O IDEALIZADOR DO I CHING

ESPAÇO TERAPÊUTICO FU HSI

As oito figuras que formam o I Ching estão na base da cultura que se desenvolveu na China durante milênios. Para os chineses a ordem do mundo depende de se dar o nome correto às coisas, portanto o significado de "I" sempre foi objeto de discussão.
O I Ching surgiu antes da dinastia Chou (1150-249 a.C.) e era um conjunto de oito Kua, figuras formadas por três e seis linhas sobrepostas. James Legge, na tradução para o inglês (1882), chamou de trigrama o conjunto de três linhas e hexagrama o de seis, para distingui-los entre si. Tudo que ocorre no céu e na terra tem sua imagem nos oito trigramas, que estão continuamente se transformando um no outro. Têm várias camadas de significados, e representam processos da natureza.
A origem dos 64 hexagramas é atribuída a Fu Hsi, o criador mítico chinês, e até a dinastia Chou eles formavam o I. Os oito trigramas têm nomes não encontrados em chinês, a origem é pré-literária. O tempo obscureceu a compreensão das linhas, e no começo da dinastia Chou surgiram dois anexos: o Julgamento, atribuído pela tradição ao rei Wên, e as Linhas, atribuídas a seu filho, o duque de Chou, ambos fundadores desta dinastia.
Mais tarde, mesmo o significado destes textos começou a ficar obscuro, e no século VI a.C. foram acrescentadas as Dez Asas, que a tradição atribui a Confúcio, embora seja claro que a maioria delas não pode ser de sua autoria. O nome "I Ching" é dado ao conjunto dos Kua e todos os textos posteriores.

ESPAÇO TERAPÊUTICO FU HSI

O I Ching escapou da grande queima de livros feita pelo tirano Ch'in Shih Huang Ti, no tempo em era considerado um livro de magia e adivinhação, o que levou a escola de magos das dinastias Ch'in e Han a interpretá-lo segundo outras visões A doutrina do yin-yang foi sobreposta ao texto. O sábio Wang Pi veio a resgatá-lo como livro de sabedoria.
Houve várias traduções do "I Ching" para línguas ocidentais, algumas claramente desrespeitosas, tratando a cultura chinesa como primitiva. A tradução de Legge fez parte da série Sacred books of the East (Livros sagrados do Oriente), e foi traduzida também para o português.
Richard Wilhelm traduziu o I Ching para o alemão ao longo dos anos em que viveu na China, inclusive durante a invasão japonesa, quando a cidade em que estava foi cercada. Teve o apoio de um velho e sábio mestre, Lao Nai Suan, que morreu ao ser concluída a tradução.
A edição alemã é do ano de 1923. Wilhelm traduziu também outro clássico chinês, o Tao Te Ching.

Fonte: Wikipédia (texto condensado do original https://pt.wikipedia.org/wiki/Fu_Xi/)

Veja Também: I Ching

DEIXE REGISTRADA A SUA VISITA, SEUS COMENTÁRIOS, A SUA APRECIAÇÃO, DÚVIDAS E PERGUNTAS, CRÍTICAS E SUGESTÕES. VOCÊ E SUA OPINIÃO SÃO MUITO IMPORTANTES PARA NÓS.!

Já temos 10 comentário(s). DEIXE O SEU :)
maria cristina oliveira

maria cristina oliveira

Tive o prazer de conhecer o Robson há algum tempo atras. Profissional competente de grande conhecimento. De uma alma humana - incomum á nós serem mortais. Aprendo muito com o Robson cada dia mais.
Gratidão.
★★★★★DIA 27.12.16 11h52RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Robson Barbosa  Lopes

Robson Barbosa Lopes

Ô caríssima. É o seu olhar puro e bondoso que só consegue enxergar o Bem em tudo, inclusive em mim, ainda que eu seja tão imperfeito, insuficiente. Que lindo ter você por perto. Tenha muitas bênçãos de Deus. Paz e Luz
★★★★★DIA 28.12.16 11h11RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Lazaro Garcia

Lazaro Garcia

Olá Robson

Ótima profissão, ajudar, fazer bem ao próximo realmente é muito gratificante, parabéns e que Deus por Jesus o Cristo continue o abençoando em todos os momentos de sua vida.
Lazaro M Garcia Jr.
★★★★★DIA 14.10.16 07h18RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Robson Barbosa  Lopes

Robson Barbosa Lopes

Que bom receber sua visita. Ainda mais tendo um comentário tão significativo quanto o seu. Me emociona muito quando alguém, como os meus pacientes me dizem que em suas orações pedem para sabedoria e conexão mais forte com Deus, para que eu possa canalizar de forma mais eficiente a ajuda de Deus para cada vez mais pessoas. Que assim seja, meu caro. Apareça sempre. Estamos preparando novidades para o site. Acho que você vai gostar. Paz e Luz
★★★★★DIA 14.10.16 12h23RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Sasulina GUERRA

Sasulina GUERRA

Parabéns Robson ! Você é um grande acupuntor e terapeuta. Conhece a alma humana. Muito grata por tudo. bjs
★★★★★DIA 29.09.16 15h57RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Robson Barbosa  Lopes

Robson Barbosa Lopes

Que legal ter você em nosso site. Apareça sempre. Gratidão pelo seu comentário elogioso; é só o fruto de sua generosidade e não do meu mérito. Paz e Luz

★★★★★DIA 30.09.16 13h58RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Douglas Morais

Douglas Morais

Parabéns Robson
Fico muito feliz por vc, q Deus o abençõe sempre

abraço Douglas
★★★★★DIA 01.09.16 15h37RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Robson Barbosa  Lopes

Robson Barbosa Lopes

Legal, Douglas. Que bom ter você em nosso site. Apareça sempre. Grato por me desejar bençãos. Abraços
★★★★★DIA 02.09.16 09h10RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Hilton Bacelar

Hilton Bacelar

Olá Robson Parabéns pelo novo site!
★★★★★DIA 31.08.16 20h36RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Robson Barbosa  Lopes

Robson Barbosa Lopes

Gratidão, nobre amigo. Teremos sempre muitas novidades, Apareça sempre. Paz e Luz
★★★★★DIA 04.09.16 19h45RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/